Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Alguns Temas Fundamentais

A Bíblia como a Palavra Escrita de Deus

Outro ponto essencial na Igreja, consiste em apreciar e valorizar a Bíblia, tanto no Antigo Testamento como o Novo Testamento, na sua qualidade de Palavra Escrita por Deus. Entendemos que Ela foi inspirada por Deus, e que independentemente de quem foram os autores materiais de cada livro a través do tempo, Um só é o autor intelectual de toda a Escritura: Deus mesmo.

Atesouramos o ensinamento que, sobre esse assunto, deu o Apóstolo Paulo a Timóteo, no capítulo 3 da sua Segunda Carta.

16 Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; 17 a fim de que o homem de Deus seja apto, totalmente preparado para toda boa obra.

Nesse ponto cabe também ressaltar a maneira como se faz manifesta a Obra Gloriosa do Espírito Santo em relação com a Bíblia, a qual foi destacada claramente pelo nosso Senhor Jesus Cristo, quem, segundo o livro de João no capítulo 16, ensinou:

13 Porém, quando vier o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda verdade; porque não falará de Si mesmo, mas falará tudo quanto tiver ouvido e vos fará saber as coisas que hão de vir.

Permitindo-nos entender que si bem se contava já com a palavra escrita de Deus, Ele mesmo, como autor, e pelo tanto, o intérprete com autoridade, esclareceria respeito Dela todo conceito e Doutrina, a quem ele quisesse revela-la, por meio do Espírito Santo, quem se manifestando, guiaria a toda a verdade.

Dessa maneira, o Espírito Santo faz sua obra em cada crente, vai gravando um a um os mandamentos de Deus, vai lhes dando vida, em nossas vidas. Coloca seus fundamentos em nossas mentes, em nossos corações.

Encontramos então que se dá cumprimento na Igreja, o previsto pelo Senhor ainda desde a antiguidade no capítulo 31 de Jeremias.

33 Mas essa é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o SENHOR: Colocarei em sua mente a Minha lei e a escreverei em seu coração, e Eu serei para eles Deus, e eles serão Meu povo.

É um Assunto que também se deixa ver com uma linguagem formosa, quando o Deus dos Céus, no Salmo 119, exulta em muitos versículos o valor dos mandamentos de Deus, e o seu resultado na vida do crente, quando Ele medita neles de maneira constante, e se deleita nas prescrições de Deus.

97 Ó quanto eu amo a Tua lei! Todo dia ela é minha meditação.
98 Mais sábio do que meus inimigos me fizeste com Teus mandamentos, porque sempre estão comigo.
99 Cheguei a ter mais discernimento que todos os meus mestres, pois Teus testemunhos são minha meditação.
100 Possuo mais prudência que os velhos, porque guardei Teus mandamentos.

São essas evidências então do que o apóstolo Paulo ensinou em 2 de Coríntios, quando explicava que o Espírito Santo vivifica a escritura em nós, passando então a se converter, também numa realidade nas nossas vidas, passagens como os que achamos em outros versos, também do mesmo Salmo 119.

49 Lembra-Te da palavra dada ao Teu servo, na qual me ensinaste a pôr a esperança.
50 Ela é meu consolo em minha aflição, porque Tua palavra me vivifica.
92 Se Tua lei não tivesse sido minha delícia, já haveria perecido em minha desgraça.
93 Nunca jamais me esquecerei de Teus mandamentos, porque com eles Tu me dás a vida.
94 Eu sou Teu, salva-me, porque busco Teus mandamentos.

Pages: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13