Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Irmã María Luisa Piraquive

María Luisa Piraquive

Hermana María Luisa Piraquive

Perfil

Maria Luísa Piraquive, nasceu no 10 de fevereiro no município de Chipatá, estado de Santander – Colômbia. Os seus pais Obdulio e Maria, conformaram um lar composto por dez filhos – seis mulheres e quatro homens – ela é a terceira dentre seus irmãos.

Cresceu num lar simples e modesto, rodeada pela natureza no município de Sáchica – Boyacá. Desde criança manifestou seu amor pelos animais e pelas paisagens, aprendeu a levar uma vida feliz enxergando a obra de Deus e a sua perfeição, almejando uma comunicação pessoal com o Criador.

As limitações econômicas que aconteceram, não foram obstáculo para ser feliz; pesquisava toda coisa que encontrava, desfrutando das cores, imagens, e sons de tudo o que estava ao seu redor. Descobriu o seu gosto e talento pela música, cantava em voz alta as músicas da época, deixando atônitos aos trabalhadores do campo; o amor pela música o herdou do seu pai, quem amou a música e interpretou o violão e a sanfona.

Amor pelas coisas de Deus.

Desde criança foi muito curiosa pelas coisas de Deus. Nas suas brincadeiras chamava a Deus esperando que Ele lhe contestasse, lhe perguntava: Deus, onde está? Desejava que no céu aparecessem placas nas quais Ele falasse alguma coisa. A Dra. Maria Luísa conta no livro de Vivências que na idade de sete anos teve o seguinte sonho:

“SONHAVA QUE ERA O FIM DO MUNDO E QUE O SENHOR JESUS CRISTO ESTAVA SEPARANDO AS ALMAS PARA O CÉU E PARA O INFERNO. VIA DOIS MONTES DE CORPOS DE PESSOAS MORTAS E EU ESTAVA AO LADO DO SENHOR OBSERVANDO O QUE ELE FAZIA. DE REPENTE OLHOU PARA MIM E ME DISSE: “ME AJUDA A ESCOLHER AS ALMAS PARA O REINO”, EU RESPONDÍ “ SIM SENHOR, PORÉM, QUANDO EU MORRER TU ME LEVAS PARA O CÉU”. O SENHOR NÃO ME RESPONDEU COM PALAVRAS, SÓ ACENOU COM A CABEÇA E COMEÇEI A JOGAR TODAS AS ALMAS PARA O CÉU, NENHUMA PARA O INFERNO”.

Começos da vida espiritual.

Aos dezessete anos de idade conheceu a Luís Eduardo Moreno, naquela época pregador da igreja Pentecostal, com quem contraiu casamento no dia 16 de Setembro de 1966. Desde aquela época, propôs se interessar e se esforçar por conhecer a Obra perfeita do Senhor, de tal maneira que começou a ler a Bíblia desse o principio até o final, uma e outra vez, com o propósito de pesquisar e examinar ao respeito da verdade, por conta de que era muito desconfiada e queria compreender por si mesma a Doutrina; As vezes o seu esposo a ajudava, lhe explicando ao respeito de numerosos aspectos da Bíblia. Desta forma o Evangelho acabou sendo o eixo principal da sua vida.

Com a sua continua reflexão e o estudo da Bíblia, teoricamente conheceu a Obra do Espírito Santo, percebendo a necessidade de buscar e receber os Dons. Ficou apaixonada profundamente pelas coisas de Deus e se converteu à Sua verdade dispondo o seu coração para Ele. Tomou a decisão de receber o Batismo em água no ano de 1969. Recebeu capacitação na teoria ou gramática e como interpretar instrumentos musicais, motivada pelo seu esposo Luís Eduardo, quem comprou para ela uma sanfona e empreitou um professor de música (…); realizou as aulas na sua casa por dois meses e quinze dias. Para o seu esposo foi a companheira idônea, com o apoio dela e a sua paciência houve uma grande transformação nas suas vidas espirituais; juntos esquadrinharam e aprofundaram no conhecimento da Bíblia, pesquisando no texto bíblico em procura das respostas e de imitar o homem que comprou o grande campo depois de ter achado os tesouros preciosos da verdade.

Desta maneira a Bíblia virou o eixo principal da sua vida, no objeto da sua constante reflexão, porque o estudo da Bíblia a levou a ir atrás do Espírito Santo, ensinando a necessidade de buscar e de receber os dons espirituais. Daquela maneira, na companhia do seu esposo Luís Eduardo Moreno e de mais quatro pessoas no ano de 1972, começou a congregação religiosa Cristã: “ Igreja de Deus Ministerial de Jesus Cristo Internacional”, Alicerçada na Bíblia, inicialmente liderada por Luís Eduardo Moreno, sendo um exemplo vivo para imitar pelo seu amor e entrega incondicional à obra do Senhor, atendendo aos assuntos da Igreja a nível nacional e internacional.

Logo da partida do seu esposo no ano de 1996 a Dra. Maria Luísa acabou sendo a única mulher do mundo que lidera uma igreja de origem colombiano, e quem, além disso, tem chegado a todas as latitudes, com um alcance e crescimento extraordinário por seus 850 templos em 45 países, mudando a forma de sentir, pensar e de agir de multidões de pessoas nos 5 continentes por meio dos seus ensinamentos da Bíblia ao vivo e transmitidos no vídeo e em várias línguas.

Títulos e reconhecimentos

A sua capacidade como líder tem sido eficaz e ficou evidenciada nas numerosas atividades de caráter social e educativo em favor de comunidades vulneráveis tanto a nível nacional quanto internacional; Desta maneira o seu exemplar trabalho lhe permitiu receber vários títulos e reconhecimentos, dentre os quais estão:

Medalhas, Condecorações e Reconhecimentos dados por entidades do governo.

1 Menção meritória “Ordem da democracia Simón Bolivar” dada pela Cámera de Representantes do Congresso da República de Colômbia para a Dra. Maria Luísa Piraquive pelas suas ações, obras, aportes e logros em beneficio da sociedade em geral, a nível nacional e internacional. Fevereiro de 2012.

2 Condecoração “Coreguaje de Oro a una Ciudadana Ejemplar” (“Coreguaje de Ouro para uma cidadã exemplar”) outorgado pela Governação do estado do Caquetá-Colômbia em honor ao trabalho e esforço que ultrapassa fronteiras levando ajudas e benefícios a milhares de pessoas vulneráveis a nível nacional e internacional. Fevereiro de 2012.

Galardão especial outorgado pelo Concelho de Neiva no estado do Huila por seu trabalho a favor das comunidades vulneráveis e a construção da escola do Resguardo Indígena La Gabriela da comunidade Tama Páezsu. Fevereiro de 2012.

Prêmio “Alas de Esperanza” dado pela Força Aérea Colombiana como reconhecimento ao programa “Brigadas de salud por Colombia” (“Força Tarefa de saúde pela Colômbia”) Esse programa se ocupa da necessidade de pessoas no país, que por diversas condições econômicas, sociais e geográficas têm falta de toda assistência médica. Novembro de 2012.

2015

Ordem Civil ao Mérito: “Cartagena Patrimonio Histórico y Cultural de la Humanidad” (“Cartagena Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade”) No grado comendador por parte do Concelho de Cartagena Distrito Turístico e Cultural condecora à Fundação Internacional Maria Luísa de Moreno. Novembro de 2017.

Reconhecimento dado pelo Prefeito Municipal de Facatativá, Orlando Buitrago, por seu compromisso e apoio constante na construção da Instituição Educativa Municipal Manuel Ayala de Gaitán sede Mancilla. Novembro de 2015.

2016

Medalha “Ordem ao Mérito” outorgado pelo Concelho Municipal de Facatativá onde é exaltada a Dra. Maria Luísa Piraquive, fundadora e presidenta da Fundação Internacional Maria Luísa de Moreno, por seu grande trabalho social e luta pela educação digna e bem estar das crianças . Fevereiro de 2016.

Reconhecimento dado pelo Prefeito Municipal da Samacá, Wilson Castiblanco, destacando à Dra. Maria Luisa Piraquive pelo seu lavor social. Maio de 2016.

Reconhecimento por parte da Prefeitura Municipal da Estrella, Antioquía, representada pela primeira Dama, a Dra. Alejandra Muñoz, pela realização da Força Tarefa de Saúde e ajuda Humanitária. Maio de 2016.

Reconhecimento outorgado pelo prefeito da Segovia Antioquia, Gustavo Alonso Tobón, para a Dra. Maria Luísa Piraquive por contribuir por meio do seu trabalho à construção social e à reconstrução dos valores para a segurança humana no meio das comunidades mais vulneráveis da Colômbia. Maio de 2016.

Reconhecimento Especial dado pela Assembleia Estadual do Caquetá, na cidade de Florência, destacando o grande compromisso da Dra. Maria Luísa Piraquive com as comunidades mais vulneráveis, por meio do desenvolvimento e execução de programas de caráter educativo, produtivo e humanitário. Junho de 2016

Reconhecimento por parte do Governador do Vichada, Luis Carlos Álvarez, junto com a Gestora Social Estadual de Vichada, Melcy Álvarez León, pelas ajudas entregadas na onda invernal e a jornada de assistência humanitária. Outubro de 2016.

Entrega das chaves do município de Simití Bolivar e de um reconhecimento especial à Dra. Maria Luísa Piraquive por parte do prefeito, Alberto Ramírez Cardona, como símbolo da admiração e gratidão à Dra. Maria Luísa Piraquive pelo grande lavor humanitário e Força Tarefa de Saúde. Novembro de 2016.

Reconhecimento dado pelo Prefeito de Turbo, Alejandro Abuchar González, para a Dra. Maria Luisa Piraquive pela construção da nova Instituição Educativa Puerto César sede Puerto Bello – Antioquia. Novembro de 2016.

“Medalha Santiago de Cali” no grado de Cruz de ouro, outorgado pelo Concelho de Santiago de Cali para a Dra. Maria Luísa Piraquive pelo seu grande lavor social e educativa e inesgotáveis esforços que durante 45 anos tem realizado em beneficio das pessoas que mais necessitam. Dezembro de 2016.

2017

Ordem ao Mérito da cidade de Pradera entregue por Henry Devia Prado, Prefeito de Pradera – Valle do Cauca, à Dra. Maria Luísa Piraquive destacando o seu inestimável trabalho social que vem desenvolvendo com a Fundação Internacional Maria Luísa de Moreno em beneficio da população da Pradera. Fevereiro de 2017.

Ordem Cidade Rioblanco entregue por Delcy Esperanza Isaza. Prefeita de Rioblanco – Tolima à Dra. Maria Luísa Piraquive pelo seu destacado trabalho na realização de brigadas de Saúde e do projeto Empresários do Campo, os quais contribuíram na construção do tecido social do município. Agosto de 2017

“Escudo de Manizales en calidad de Grande Escudo” entregue pelo prefeito da cidade, José Octavio Cardona León pelo seu trabalho humanitário que deu benefício ao redor de 23.000 danificados pela tragédia invernal que aconteceu no mês de Abril. Setembro de 2017.

“Gran Orden del Concejo” No Grado de Cavaleiro, dado pelo Concelho de Manizales – Caldas, pelo seu aporte social e humanitário em favor da população da capital de Caldas. Setembro de 2017.

“Ordem ao Mérito Cidadão” por parte do Governador de Risaralda, Sigifredo Salazar, como reconhecimento ao grande lavor social que vem realizando a favor da educação, a saúde e o empreendimento no estado. Setembro de 2017

Reconhecimento por parte do prefeito de Dosquebradas – Risaralda, Fernando Muñoz Duque, à Dra. Maria Luísa Piraquive pela execução de programas de educação, empreendimento, e assistência humanitária, sendo beneficiados mais de 16.000 moradores das comunas deste município. Risaralda Setembro de 2017.

Reconhecimento por parte do Prefeito da Virginia – Risaralda, Javier Antônio Ocampo, à Dra. Maria Luísa Piraquive, pela oportuna ajuda para a comunidade municipal na onda invernal do ano 2017 e liderar programas de desenvolvimento humano promovendo valores.

Reconhecimento por parte do Concelho Municipal de Pereira exaltando o lavor social que a Fundação tem realizado liderada pela Dra. Maria Luísa Piraquive ao beneficiar 224.000 crianças, idosos e pessoas com incapacidade com ajudas humanitárias, outorgar becas para formação técnica e profissional para 223 pessoas, capacitar 304 homens e mulheres em programas de empreendimento (…). Setembro de 2017.

Reconhecimento por parte da Assembleia Estadual de Risaralda à trajetória do trabalho humanitário de a Dra. Maria Luísa Piraquive tem feito com a Fundação Internacional Maria Luísa de Moreno por meio dos programas Construção de escolas, Jornadas de Apoio, Becas, Força Tarefa de Saúde, Despertar Empreendedor e Despertar Produtivo, que beneficiou à população de Risaralda. Agosto de 2017.

Reconhecimento por parte do Prefeito Municipal do município de Chipatá- Santader, Belisario Romero Chávez, para a Dra. Maria Luisa Piraquive, ressaltando sua ampla trajetória no trabalho social e o seu exemplar proceder. Outubro 2017.

Reconhecimento por parte da Direção de Carabineiros da Polícia Nacional da Colômbia à Fundação Internacional Maria Luísa de Moreno e à Dra. Maria Luísa Piraquive, pelo seu árduo trabalho e espírito humanitário em favor da reconstrução do tecido de paz em Sáchica – Boyacá. Outubro de 2017.

Reconhecimento dado pela Prefeita do município de Pandi – Cundinamarca, Sandra Milena Pulido, à Dra. Maria Luisa Piraquive e sua Fundação por terem levado atenções médicas especializadas na Brigada Integral que beneficiou à população urbana e do interior do município. Outubro de 2017.

“Escudo de armas” entregue pelas Forças Militares em agradecimento pelo serviço de ajuda humanitária.

“Brigada Móvel No. 20 do Exercito Nacional” entregue em Rioblanco – Tolima (Mayo 2016).
“Batalhão Grupo de Cavalheria Mecanizado N” 18 do Exercito Nacional, entregue em Saravena – Vichada (Julho de 2016).

“Batalhão da Polícia Militar N” 15 “Cacique Bacatá ” do Exercito Nacional, entregue em Bogotá D.E (Setembro de 2016)

Força Naval do Leste entregue em Puerto Carreño – Vichada (Outubro de 2016).

“Batalhão de selva N” 48 do Exercito Nacional entregue em Simití – Bolivar, (Noviembre 2016)

Segunda Divisão do Exercito entregue em Simití – Bolivar, (Novembro 2016)

Grupo Naval do Pacífico entregue em Buenaventura – Chocó (Dezembro 2016)

Brigada Móvil N°20 do Exercito Nacional entregue em Rioblanco – Tolima, (Agosto 2017)

Títulos Honoríficos e Prêmios Acadêmicos.

O Conselho Ibero-americano em Honor à Qualidade Educativa outorgou à Dra. Maria Lusa Piraquive dois títulos honoríficos :

“Doctor Honoris Causa Summa Cum Laude” e “Máster em administração Educativa”, em reconhecimento à sua trajetória e lavor social no marco da XII Cúpula Ibero-americana na cidade de San Juan de Puerto Rico – Puerto Rico, 2012.

“XII Premio Ibero-americano à Excelência Educativa” Outorgado pelo O Conselho Ibero-americano em honor à qualidade Educativa, no marco da XII Cúpula Ibero-americana na cidade de San Juan de Puerto Rico- Puerto Rico, 2012

“Doctor Honoris Causa”, e outorgado pela Universidade YMCA à sua destacada trajetória profissional e ao seu importante lavor como líder social em beneficio das comunidades mais vulneráveis. Cidade de México – México, 2013.

Título Honorífico “Doutor em Filosofia da Educação Ph. D” Outorgado pelo Concelho Ibero-americano em Honor à Qualidade Educativa em gratidão e reconhecimento ao sua exemplar liderança de comprovada honestidade, Dom de serviço e limpa e frutífera Gestão Pedagógica que enriquece A Gloriosa Educação Ibero-americana. Puebla – México, 2014.

Título “Ilustre Académico de Ibero-américa” outorgado pela Honorável Academia Mundial da Educação em reconhecimento às suas grandes virtudes humanas, conquistas profissionais, além disso, sua inesgotável e brilhante trajetória em favor da Valiosa Educação Mundial. Puebla – México, 2014.

Título Honorífico “Máster em Ciências da Educação” outorgado pelo Concelho Ibero-americano em Honor à Qualidade Educativa em gratidão e reconhecimento à sua exemplar liderança de comprovada honestidade, Dom de serviço, limpa e frutífera Gestão Pedagógica que enriquece A Gloriosa Educação Ibero-americana. Puebla – México, 2014.

“XV Premio Ibero-americano à Excelência Educativa” outorgado pelo Concelho Ibero-americano em Honor à Qualidade Educativa no marco da XV Cumbe Ibero-americana da Educação pelo projeto da incapacidade. Puebla – México, 2014.

Premio Internacional Campus Stellae outorgado pelo seu trabalho do grado do Triplo Máster em Direito Internacional, Direitos Humanos e Cooperação Internacional, o qual outorga anualmente o Instituto Europeu Campus Stellae aos melhores trabalhos da investigação. Santiago de Compostela – Espanha, 2016.

Concursos

A Fundação Internacional Maria Luísa de Moreno por dois anos consecutivos ganhou o concurso “Melhor Spot Social de Latino-américa”, durante os anos 2015 e 2016, organizado pelo “THE FORUM”, o programa de responsabilidade social de Geração DIRECTV.

A Dra. Maria Luísa com mais de 40 anos de lavor social, mantem-se ao serviço da humanidade e cria a Fundação Internacional Maria Luísa de Moreno como uma entidade sem animo de lucro com o objetivo principal é beneficiar às comunidades mais vulneráveis em todos os níveis, por meio do desenvolvimento e execução de programas de caráter educativo, produtivo e humanitário.